Em Ato Solene, religiosos pedem oração pelo futuro da cidade

por Michel Carvalho publicado 03/09/2021 01h20, última modificação 03/09/2021 01h21
Em Ato Solene, religiosos pedem oração pelo futuro da cidade

Foto: Rodrigo Palassi

O Legislativo Cubatense promoveu ontem (2) o Ato Solene dedicado ao Dia do Círculo de Oração. A oradora oficial da solenidade foi a assistente social Sarah Virgínia Silva e Silva, coordenadora geral da União Feminina da Assembleia de Deus do Ministério de Cubatão (UFADEC). A tradição desse movimento religioso começou na década de 40, na cidade de Recife (PE). O Ato Solene homenageou também mulheres, de diferentes igrejas evangélicas de Cubatão, que se dedicam a orar e buscar as bênçãos de Deus para as famílias da cidade.

A solenidade foi conduzido por Wilson Pio (PSDB), autor do requerimento que criou a Comissão Especial de Vereadores (CEV) que organizou o Ato Solene dedicado ao Dia do Círculo de Oração no calendário oficial da cidade. Além do parlamentar que presidiu a solenidade, a mesa dos trabalhos foi composta pelas seguintes autoridades: o prefeito municipal Ademário Oliveira, o pastor Carlos Roberto Silva, presidente da Assembleia de Deus Ministério de Cubatão; o ex-presidente da Câmara, Aguinaldo Araújo, e a oradora oficial do Ato Solene.

Sarah Virgínia já atuou como missionária em países como Argentina, Uruguai, Paraguai, Portugal, Espanha e Nigéria. Cubatense, a religiosa é uma reconhecida incentivadora do Círculo de Oração em todas igrejas evangélicas da região. A coordenadora geral da UFADEC destacou o trabalho espiritual realizado pelas milhares de mulheres que reunidas oram pelo país, pelo estado de São Paulo e pela cidade de Cubatão.

As outras mulheres homenageadas pelo Ato Solene dedicado ao Dia do Círculo de Oração foram Vera Lúcia Antônio de Freitas, Georginilda Mercedes da Silva Lima, Zilza Correia Peixoto, Maria Lenilda Barbosa dos Santos, Antonia dos Santos Barbosa, Sebastiana dos Santos Paiva e Gilvânia Albeniz Teixeira da Cruz.

Aguinaldo Araújo é autor do projeto de lei que instituiu o Dia do Círculo da Oração no Calendário Oficial de Cubatão. O ex-vereador ressaltou que tem orgulho de ter criado tal propositura e ter sido convidado para participar da solenidade. "É uma honra estar aqui para homenagear essas mulheres que oram nessa cidade. Levantam cedo e fazem o círculo de oração”. Araújo ainda ressaltou: “Precisamos entender que Cubatão é do Senhor Jesus. Deus tem um plano pra cidade e ela é a menina dos olhos de Jesus”.

O pastor Carlos Roberto destacou a atuação das fieis que se dedicam ao Círculo de Oração. “Líderes e autoridades, vocês estão vencendo pois as mulheres estão orando”. O religioso disse que a conjuntura atual exige a oração de todos. “Não sabemos o que acontecerá, mas há um Deus que olha por nós”, profetizou o pastor.

Ao analisar os últimos anos, o prefeito municipal destacou o poder da oração na condução da cidade. Ademário Oliveira lembrou todas os avanços conquistados pela administração, como a reabertura do Hospital de Cubatão, o Bom Prato, a Faculdade de Medicina, entre outras ações. “Eu não tenho dúvida: olho no retrovisor e vejo o que aconteceu. Só Deus sabe o porquê”. O chefe do Executivo Municipal disse que vem enfrentando os desafios impostos pela pandemia com consciência e determinação. “Se não fosse a fé, não ia conseguir passar por tudo isso”.

O Ato Solene dedicado ao Dia do Círculo de Oração contou com a apresentação da cantora gospel Regiane Santos Lima. Os vereadores Cesar Nascimento (PSDB) e Alessandro Oliveira (PL) também participaram da solenidade.

Origem - A tradição do Círculo de Oração tem início com o caso da menina Zuleide que apresentava uma grave enfermidade, sendo que ela não andava nem falava. Os médicos, na época, deram-lhe apenas oito anos de vida. Albertina, a mãe da garota, como uma mulher de fé, convidou algumas senhoras de sua igreja para ajudá-la em oração pedindo a Deus pela saúde de sua filha. A primeira reunião ocorreu no dia 06 de março de 1942 com a presença de sete religiosas. Zuleide, superando os prognósticos, cresceu e viveu até os 49 anos de idade. O movimento se espalhou rapidamente em todas as igrejas da Assembleia de Deus, espalhadas pelo Brasil afora.

A solenidade foi criada em Cubatão pela Lei Ordinária Nº 3.585, de 3 de junho de 2013, que institui no Calendário Oficial do Município de Cubatão o Dia do Círculo de Oração.